Na Itália só se fala italiano?

Em 1861 a Itália foi unificada. Uma só pátria, um só território, um povo unido. Mas esse povo unido falava incontáveis dialetos diferentes dependendo da região, província ou povoado – uma Torre de Babel… E agora?

Em cada região,  província,  cidade e povoado da Itália unificada eram (e ainda são) falados diferentes dialetos derivados do latim, com influências de diversos idiomas que fizeram parte da dominação do território italiano. E quantos dialetos, precisamente?

Pesquisei no Google, e a verdade é que é impossível contar! Basta imaginar que existem 20 regiões, e que cada região possui suas províncias (110 no total), e cada província abriga suas cidades e povoados…ou seja, inúmeros dialetos, impossíveis de serem reunidos em um dado preciso.

Entre tantos, como escolher aquele que seria, então, a língua italiana unificada, ensinada e falada em todo o território nacional? Recorreram então ao dialeto falado pelos poetas, cujo berço cultural era a cidade de Florença. Ecco! O italiano, então, nada mais é que o dialeto de Firenze falado e exposto em verso por poetas como Dante Alighieri.

O idioma de Dante então começou a ser ensinado nas escolas. O problema é que, a cada 100 italianos, apenas 3 já o falavam; o restante deveria aprender a nova língua! Os dialetos foram proibidos nas escolas, e ganharam má reputação. Falar em dialeto era sinônimo de falta de estudo, ou seja, ser iletrado e de fala vulgar!

Atualmente, cerca de 95% da população conhece e usa o italiano. Entretanto, isso não quer dizer que os dialetos foram esquecidos – 50% continua a usá-los. Em Napoli, onde estamos, por exemplo, é comum pedir uma informação na rua e se deparar com uma resposta em napoletano. Ou então,  ouvir uma conversa no metrô que começa em italiano e termina em napoletano.

Em italiano se diz: Dove mangiano due persone, possono mangiare anche tre. (Onde comem duas pessoas, comem três)

Em napoletano seria: Addò mangiano duie, ponno mangià pure tre.

O napoletano tem influência francesa, portuguesa e árabe, então imagina que caldo isso deve dar! Essa música abaixo, de 1958, (que já ganhou diversas versões no mundo todo, e com certeza você já ouviu algo parecido) é originalmente napoletana 🙂

Uma recentemente lançada, que eu adoro, e é metade em italiano e metade em napoletano é essa abaixo. As imagens de Napoli do clipe também são sensacionais. Buon divertimento!

 

Informações do site http://www.treccani.it

Imagem criada com vetores fornecidos pelo freepik.com

Anúncios

Uma opinião sobre “Na Itália só se fala italiano?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s