Romance, drama ou comédia?

Assim como no cinema, toda viagem tem um pouco de romance, drama, comédia e aventura. A nossa chegada em Buenos Aires, por exemplo, foi um drama.


Desde a nossa primeira conversa, descobrimos o amor em comum por viajar. Onze meses depois, conseguimos uma folginha de 1 semana em nossos empregos e embarcamos para a nossa primeira viagem juntos: Buenos Aires, ArRRentina!

E o que era pra começar perfeito como nos filmes de românticos, aconteceu mais como em uma comédia (ou drama, na época). Pegamos uma promoção de voo para a noite de Natal, 24 de dezembro. Chegamos em Buenos Aires às 1h30 da madrugada do dia 25, desembarcamos, pegamos nossas malas e saímos à procura de táxi credenciado do aeroporto (todas as pessoas com quem pegamos dicas disseram expressamente pra não confiar em táxis de rua). No guichê, a moça explicou: -“Estamos com poucos táxis, vocês terão de aguardar 3h na fila”.

Desapontados, sentamos no chão; inconformados, com fome e com sono

-“TRÊS HORAS? O que está acontecendo??”, perguntei, incrédula. E, na maior naturalidade do mundo, a moça do guichê de táxis credenciados do aeroporto da CAPITAL de um país respondeu: – “É Natal”, e virou-se de costas.

Olhei pro Leco, pra cara de desespero dele, que devia estar refletindo a minha própria expressão. Será que entendemos direito? Será que nosso portunhol estava afiado?… Olhamos ao redor, não tinham cadeiras disponíveis. Tentei ainda falar com um guarda do aeroporto, que não me aconselhou pegar táxi na rua. Um motorista de Van veio nos oferecer o serviço de transporte – com bafo puro a álcool. Desapontados, sentamos no chão; inconformados, com fome e com sono.

Esperamos por 2 horas, menos que o previsto (mas ainda assim 2 intermináveis horas). Finalmente, pegamos nosso táxi e em 40 minutos chegamos ao nosso apart hotel, na avenida Callao, no bairro Recoleta, por volta das 4h30. Tomei um banho e desmaiei até às 11h da manhã.

Obelisco
Obeslico na Av. 9 de Julho. Ruas vazias e monumentos em evidência.

Acordamos morrendo de fome, e saímos caminhando para reconhecer o bairro, a cidade e comer alguma coisa maravilhosa. Tudo fechado. “É Natal”, lembrei da expressão da moça do guichê. Achamos um restaurante e, no final das contas, almoçamos pizza. De barriga cheia, tudo fica melhor! Saímos caminhando, caminhando… Perguntamos à uma guardinha como chegar à Av. 9 de Julho, a mais famosa, gigantesca e movimentada da cidade, e aí ela tirou uma mini lista telefônica do peito, revirou, revirou, e nos indicou errado. Achamos afinal o caminho certo, e fomos à pé da Recoleta ao Centro, na Rua Florida. Passamos pelo Obelisco, fomos até a Casa Rosada, e, na volta, paramos pra comer biscoitos em um parque e descansar do sol e do calor embaixo das árvores verdinhas. Caminhamos pelo meio das ruas, vazias, e paramos pra tirar fotos sem pressa, aproveitando todo aquele cenário que estava ali, fazendo pose só pra nós.

Ao final da tarde, voltamos para o hotel e resolvemos tomar um banho, descer pra jantar e tomar o delicioso sorvete Freddo. Eu poderia descrever aqui minha emoção em tomar, pela primeira vez, o sorvete de doce de leite da Freddo, mas decidi que isso merece uma postagem à parte. Resumo, enquanto isso, dizendo que é o melhor sorvete de doce de leite das galáxias.

De barriga cheia novamente, cansados ainda da noite mal dormida pelo nosso drama – nossa saga com os táxis – fomos dormir cedo, e esperar pelo próximo dia, ansiosos por conhecer agora a movimentada Buenos Aires.

Se quiser ter um preview dos nossos dias em Buenos Aires, clique aqui pra dar uma olhadinha no videoclipe que fizemos; e, se gostar, confira as próximas postagens 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s